Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Últimas notícias sobre o coronavírus no Brasil e no mundo
03/04/2020 17:33 em Governo

AO VIVO | Últimas notícias sobre o coronavírus no Brasil e no mundo

Datafolha aponta disparada na aprovação de ministro da Saúde, alvo de críticas de Bolsonaro. Restaurantes já demitiram mais de 600 mil trabalhadores no Brasil. EUA batem recorde mundial de óbitos em um dia pela Covid-19

O presidente Jair Bolsonaro conversa com apoiadores, na manhã desta sexta-feira, em frente ao Palácio do Alvorada. Ele voltou a criticar as medidas de isolamento social, embora a OMS recomende a medida reiteradamente.
O presidente Jair Bolsonaro conversa com apoiadores, na manhã desta sexta-feira, em frente ao Palácio do Alvorada. Ele voltou a criticar as medidas de isolamento social, embora a OMS recomende a medida reiteradamente.ADRIANO MACHADO / REUTERS
 

MAIS INFORMAÇÕES

Pesquisa Datafolha aponta que disparou a aprovação do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, pela condução da crise do coronavírusnas últimas duas semanas. Segundo o levantamento divulgado nesta segunda-feira, a avaliação positiva à pasta dirigida pelo ministrou saltou de 55% em 20 de março para 76% neste início de abril. Já a do presidente Jair Bolsonaro ficou estável na margem de erro (passou de 35% para 33%), mas sua reprovação subiu e alcançou 39%. Pela manhã, o presidente voltou a criticar as medidas de distanciamento defendidas pelo Ministério da Saúde. “A nação só vai ficar livre dessa pandemia quando 70% for infectado e criar anticorpos”, afirmou, contrariando o consenso da comunidade científica. No mesmo dia, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo Monetário Internacional (FMI) reafirmaram que os Governos devem ajudar financeiramente as populações mais pobres, para que elas possam seguir as medidas de isolamento social. A OMS reiterou que ficar em casa é a principal medida de proteção contra a Covid-19.

Os destaques sobre a crise do coronavírus nesta sexta-feira:

  • Aprovação de Mandetta dispara durante pandemia e já é o dobro da de Bolsonaro.
  • “Se a sociedade parar, todo o comércio vai quebrar”, reafirma Bolsonaro.
  • Setor de serviços do Brasil sofre tombo recorde em março por coronavírus.
  • Restaurantes já demitiram mais de 600 mil trabalhadores, segundo associação do setor.
  • Espanha volta a registrar mais de 900 mortes em 24 horas e supera a Itália em infecções.
  • EUA têm recorde mundial de mortes em 24 horas.
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
AdSense
rodape primavera