Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Ex-primeiro-ministro do Japão é assassinado durante ato de campanha às vésperas da eleição
08/07/2022 07:38 em Governo

Ex-primeiro-ministro do Japão é assassinado durante ato de campanha às vésperas da eleição

Shinzo Abe foi socorrido com vida, mas não resistiu ao ferimento; um suspeito foi detido no local do atentado

8 de julho de 2022 
 6:20 - atualizado às 7:22
Shinzo Abe, ex-primeiro-ministro do Japão
Shinzo Abe foi baleado na nuca. - Imagem: U.S. Navy/Dominique A. Pineiro

O ex-primeiro-ministro japonês Shinzo Abe foi assassinado durante um ato de campanha com vistas às eleições de domingo no Japão.

O atentado contra o ex-chefe de governo do Japão ocorreu na manhã desta sexta-feira (hora local) na cidade de Nara, no oeste do país.

Um homem de 41 anos foi detido pela polícia japonesa no local do crime. Ainda não há informações claras sobre a motivação do suspeito.

 

A morte do líder conservador foi confirmada à emissora pública de televisão NHK por um membro do alto escalão do Partido Liberal Democrata (PLD), ao qual Abe era filiado.

Assassinato de Shinzo Abe choca o Japão

O assassinato de Abe deixa em choque um país onde a violência armada é rara e a legislação referente à propriedade de armas de fogo é extremamente rigorosa.

De acordo com as informações disponíveis no momento, a polícia acredita que o suspeito atirou em Abe usando uma espingarda de fabricação caseira.

A repercussão política do assassinato ainda não está clara. No mercado de ações, a bolsa de valores de Tóquio devolveu os fortes ganhos iniciais e fechou em alta de 0,1%.

Shinzo Abe foi baleado na nuca

Shinzo Abe foi baleado na nuca. Dois estampidos foram ouvidos por testemunhas. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao ferimento.

 

O ataque ao ex-primeiro-ministro ocorreu por volta das 11h30 (hora local), pouco depois de ele ter iniciado um discurso de campanha em uma estação ferroviária.

A emissora pública NHK, citando o corpo de bombeiros, informou que Abe sofreu uma parada cardiorrespiratória no local e foi levado imediatamente ao Hospital Universitário de Nara.

Horas depois, um membro do alto escalão do PLD confirmou a morte do político aos 67 anos de idade.

Eleição no Japão está marcada para domingo

Nobuo Kishi, ministro da Defesa e irmão caçula de Abe, qualificou o atentado como um “ataque à democracia”.

 

A eleição para a câmara alta do Parlamento do Japão, órgão equivalente ao Senado, está marcada para domingo.

Shinzo Abe não era candidato, mas fazia campanha em prol de aliados.

Shinzo Abe passou quase 9 anos no poder

Abe foi o primeiro-ministro que por mais tempo esteve no cargo na história do Japão.

Ele governou o país pela primeira vez entre 2006 e 2007.

 

Abe voltaria ao poder em 2012, permanecendo como primeiro-ministro até 2020, quando renunciou ao cargo por questões de saúde.

Somados os dois mandatos, Abe esteve à frente do governo japonês durante quase nove anos.

*Com informações da BBC, da CNN e da CNBC.

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE
rodape primavera