Volume
Redes
Sociais
Rodeio Show

AdSense
Gustavo, Marconi e Baldy assinam contrato para obras de saneamento em Aparecida
29/12/2017 - 20h27 em Governo
Gustavo, Marconi e Baldy assinam contrato para obras de saneamento em Aparecida
 
O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, assinou nesta sexta-feira, 29, último dia útil do ano, o contrato de liberação de recursos no valor de R$ 264 milhões para obras de saneamento na cidade, o chamado Linhão. Esse sistema será o responsável pela universalização do abastecimento de água no município. As solenidades de assinaturas do empréstimo, com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), foram realizadas no Ministério das Cidades em Brasília e no Palácio Pedro Ludovico Teixeira em Goiânia e contou com a presença do ministro Alexandre Baldy, do governador Marconi Perillo e do prefeito da cidade de Anápolis, Roberto Naves, que também será beneficiada.
 
“Esse é um dia histórico para nossa cidade e que trará ainda mais desenvolvimento para Aparecida. Este ano passamos por uma situação bastante difícil com a falta do abastecimento de água tratada em boa parte da cidade e agora com as obras do Linhão esses problemas serão sanados, beneficiando milhares de moradores do município que ainda não possui rede de água em suas casas. Além disso, com este benefício, poderemos dar andamento a projetos de pavimentação que dependem da rede instalada”, comentou o prefeito Gustavo Mendanha durante a solenidade na capital.
 
O convênio, no total de R$ 380 milhões, foi firmado entre os governos federal e estadual, por meio da Saneago e a Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima) e o Ministério das Cidades e a Caixa, beneficiando também Goiânia com a distribuição de água do Sistema Produtor João Leite. Com a obra, a previsão é que Aparecida de Goiânia seja totalmente abastecida pelo novo Sistema Mauro Borges (João Leite), que substituirá o sistema Lajes que atualmente abastece 37 bairros e outras localidades que ainda não são atendidas.
 
A previsão da Saneago é de que todo o processo licitatório seja finalizado no primeiro semestre de 2018, para já no dia 1º de agosto, dar início aos trabalhos que deve ser finalizado em 24 meses. “O Ministério das Cidades está trabalhando para investir onde é necessário e como é sabido que muitos brasileiros ainda vivem sem rede de água tratada, hoje celebramos um contrato que liberou R$ 1 bilhão para quatro estados do Brasil investirem em obras de saneamento. E este contrato com Goiás foi firmado após o comprometimento e profissionalismo do Estado”, disse o ministro Alexandre Baldy.
 
Durante seu discurso na cerimônia realizada em Goiânia, o governador Marconi Perillo destacou que a obra do Linhão em Aparecida e também de ampliação do sistema em Anápolis, serão fundamentais para garantir água tratada nas torneiras de toda a população dessas regiões, pelo menos até 2040, que é o tempo de vida útil do sistema produtor Mauro Borges (João Leite). Além disso, com a transposição, o Rio Meia Ponte ficará por conta de abastecer as cidades de Goianira e Trindade, acabando com o problema de falta d´água nessas cidades, principalmente na época da estiagem.
 
“Este contrato firmado hoje conclui o processo que traz a solução para a região metropolitana, no início dos anos 2000, quando começamos a construir a barragem do João Leite e depois o sistema produtor Mauro borges. E agora esses três linhões, ainda de abastecer bairros de Aparecida que não contava com o serviço e também as interligações que serão feitas em Goiânia, o que irá garantir que não haverá problemas de abastecimento tão cedo. No caso de Anápolis vamos ampliar o sistema e também garantir água para a população por muitos anos”, pontuou o governador Marconi Perillo.
 
Anápolis – Para Anápolis, estão reservados R$ 114 milhões, que serão empregados na ampliação, melhoria e reestruturação do Sistema de Abastecimento de Água do município, compreendendo a extensão das captações Piancó I e II, implantação de novo módulo de tratamento para a ETA Anápolis, centros de reservação, elevatórias de água tratada e remodulação e ampliação de redes de distribuição. “Este é um momento especial, pois em 2017 passamos por desafios durante o período de seca e esse empreendimento acabará com os problemas de abastecimento na região metropolitana, universalizando o abastecimento em Aparecida e em Anápolis ente 2020 e 2021”, salientou o presidente da Saneago, Jalles Fontoura.
 
Presenças – A solenidade de assinatura da documentação que liberará o recurso para o governo do Estado construir o “Linhão” contou com a presença da superintendente regional da Caixa Econômica Federal em Goiás, Marise Fernandes, do secretário de governo de Goiânia, Samuel Almeida, representando o prefeito Iris Rezende (PMDB); dos deputados federais Jovair Arantes (PTB) e Sandes Júnior (PP), do deputado estadual Marlúcio Pereira (PSB); do presidente da Câmara de Vereadores de Aparecida, Vilmar Mariano (PMDB), e dos representantes do Legislativo municipal, Isaac Martins (PR), Meinha (PSDC), Gilsão Meu Povo (PMDB), Manoel Nascimento (DEM), Gleison Flávio (PMDB) e Mazinho (SD).
 
 
 
Fonte: Daniela Ribeiro
fotos: Claudivino Antunes
COMENTÁRIOS
rodape primavera